skip to Main Content

Veja o conceito da internet das coisas e exemplos no seu cotidiano

A Internet das Coisas é conhecida como a quebra da última barreira entre o mundo analógico e o virtual. Desenvolvida desde os primórdios das Redes, encontrou nos últimos anos um lugar de destaque na vida das pessoas.

É provável que a sua casa e a sua empresa estejam repletas de dispositivos conectados à Internet das Coisas e você sequer tenham se dado conta.
Responsável por agilizar processos, facilitar tarefas, organizar dados e até mesmo gerenciar tarefas inteiras sem a necessidade de interações humanas, a Internet das Coisas está mudando a indústria, a vida profissional e a vida doméstica de a utiliza.

Neste post trazemos informações sobre Internet das Coisas (IoT) para te apoiar na transformação do conhecimento em resultados para seu negócio.

O que é Internet das Coisas

Entender como surgiu a internet das coisas é compreender a mentalidade dos primeiros desenvolvedores das redes de computadores pelo mundo.
A primeira sugestão para a Internet of Things (IoT – Internet das coisas) apareceu nos anos 90. Quando o Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), idealizou diversas conexões entre a rede mundial de computadores (World Wide Web) e os aparelhos domésticos.

Contudo, o nascimento oficial da Internet das Coisas ocorre em 1999, com a publicação do artigo “A Coisa da Internet das Coisas”, escrito por Kevin Ashton, tecnologo e ideólogo das inovações digitais.
Publicado no RFID Journal (publicação especializada em tecnologia) Kevin defendia que estaríamos vivendo uma revolução maior do que o desenvolvimento do mundo online como o conhecemos. 

Como surgiu IoT

O conceito da Internet das Coisas é simples: como conectar aparelhos e máquinas à internet? Essa pergunta guiou os primeiros especialistas no desenvolvimento de soluções voltadas para a internet das coisas.

Por exemplo, uma máquina conectada com a Internet poderia enviar relatórios em tempo real aos responsáveis pelo setor. O gerente receberia na sua mesa e-mails com todas as informações referentes ao uso daquele equipamento, condições de calor e até mesmo a previsão de possíveis defeitos ou desgastes.
Claro que a aplicação a internet das coisas, no início, sofreu com a falta de conexões mais potentes – capazes de trafegar um número acentuado de dados – e também com baterias dedicadas aos circuitos responsáveis pelas conexões.

Entretanto, hoje nós contatos com dois elementos que impulsionaram a Internet das Coisas para límites não pensados nos anos 90. Nós temos:

  • Baterias leves, portáteis e com alta capacidade de sustentação;
  • Conexões de grande performance sem a necessidade de fios.

Esses dois elementos trouxeram uma relação entre o ser humano e a internet no dia a dia. Falaremos em detalhes no próximo tópico.

Qual significado de Internet das Coisas para o dia a dia

A Internet das Coisas aparece no dia a dia principalmente em forma de automatização para tarefas domésticas cotidianas. Por exemplo: com a ajuda de uma Caixa de Som Inteligente (Alexa / Google Home), você é capaz de controlar o ar condicionado, abrir e fechar trancas internas, ajustar as cortinas, até mesmo enviar um comando para o aspirador de pó começar uma limpeza.
Todas essas coisas já estão em uso hoje. E se os lançamentos domésticos impressionam, o uso do IoT em fábricas e escritórios é ainda mais assombroso. Vejamos exemplos práticos no próximo tópico.

Exemplos de IoT

Os primeiros lançamentos em IoT trazem segurança, comodidade e economia para as empresas. Vejamos os principais lançamentos para os escritórios (que também são utilizados em ambiente doméstico):

  • Ar-condicionado inteligente, capaz de criar ciclos de preenchimento, de forma que ele economiza energia quando a temperatura estiver ideal, conectado na nuvem, pode ser acionado remotamente;
  • Travas para inteligentes, programadas para abrir ou fechar conforme a aproximação dos responsáveis, também podem ser acionadas remotamente;
  • Câmeras com reconhecimento facial e acionamento remoto, enviam mensagens de alerta caso uma pessoa não reconhecida acesse o interior da empresa;
  • Lâmpadas inteligentes, conectadas no Wifi, não precisam de um sistema específico para a utilização. Funcionam de maneira similar ao ar-condicionado.

Já na indústria o IoT se apresenta de milhares de maneiras, sendo que as mais comuns são:

  • Máquinas com sensores inteligentes que enviam mensagens a um centro de automação em tempo real. O dado pode ser conferido por uma pessoa, ou mesmo por outra máquina, que ficará responsável pela manutenção ou pelo ajuste correto.

Como a tecnologia da informação está ligada à Internet das Coisas

A Tecnologia da Informação (TI) é a área que cuida e gerencia todas as aplicações tecnológicas de uma empresa.
O setor de TI irá desenvolver soluções em infraestrutura (parte física) e também em softwares (parte lógica) de uma empresa.

Aliando tecnologia da informação com a Internet das Coisas uma empresa consegue desenvolver soluções e processos que antes sequer seriam imaginados. Agilizando e automatizando muitas funções cotidianas, melhorando o gerenciamento de dados e aumentando a segurança das informações como um todo. Utilizar estas informações para fazer análises em grande escala (Big data analytics) e assim aprimorar os produtos e serviços existentes.

Como a Internet das Coisas transforma o dia a dia

A internet das coisas já transformou o nosso cotidiano. Hoje todos nós contamos com um Wearable, as “tecnologias vestíveis”, são smartwatches, óculos, e até mesmo tênis inteligentes, todos conectados e gerenciados por smartphones.

Podemos até argumentar que os smartphones foram os primeiros wearables do nosso cotidiano.
Nesse sentido, a Internet das Coisas cria a conexão definitiva entre um hábito já enraizado – acessar a internet – com outro processo comum na vida moderna: a automatização.

A internet das coisas surge em um momento em que é preciso lidar com inúmeras informações a todo momento em tempo real. Hoje, a capacidade de lidar com dados é constante.
Perceba, você está à todo momento abrindo e-mails, trocando abas no navegador, avaliando e tomando decisões com base em muitas e muitas informações. A internet das coisas, assim, surge como uma auxiliar nesse gerenciamento tão complexo.

E, certamente, irá mudar a forma como nós conhecemos o mundo nos próximos anos.

banner curso internet das coisas

Transforme a sua relação com a tecnologia

Dominar a tecnologia deixou de ser uma opção. Atualizar-se é uma questão de manter o ritmo diante da concorrência e de outros profissionais. Dominar a tecnologia requer apenas estudo diário de alguns minutos. Conheça os lançamentos que estão mudando a vida de muitas pessoas. Deixe de se sentir por fora quando alguém falar sobre as invenções incríveis que estão chegando no mercado. Atualize-se agora mesmo e domine você também essa nova maneira de pensar, agir e trabalhar. Acesse agora mesmo, assista uma aula degustação, aprenda sobre Internet das Coisas e transforme-se.

Nós da EvoluHub trabalhamos todos os dias para trazer conteúdos e ferramentas produtivas que facilitam a vida das pessoas em seus empreendimentos, independente da fase do negócio.
Aplique o que aprendeu e nos conte os resultados. Você aprende conosco e nós também aprendemos com as suas necessidades. Isso é sinal de inteligência.

Saiba mais sobre nós

Back To Top