skip to Main Content

Saiba o que é criptomoeda e como investir em bitcoin

Falar sobre o que é criptomoeda é falar sobre o mercado do futuro. Descentralizadas, as criptomoedas são capazes de valorizar mais de 300%, enquanto o dinheiro comum não passa de 20% ao ano.

Investir em criptomoedas é a estratégia de muitas empresas, para se ter uma ideia, até mesmo uma gigante do mercado como Microsoft tem parte do seu capital investido em Bitcoins.
E você também pode investir em criptomoedas de maneira segura, nós vamos mostrar como dar os primeiros passos.

Nós te fornecemos a informação. Você adquire o conhecimento e transforma em resultados para seu negócio.

O que é criptomoeda?

Criptomoedas são moedas digitais que usam criptografia para proteger seus dados, criar novas unidades e confirmar suas transações. Por meio de cálculos realizados por super computadores interligados em rede blockchain de forma descentralizada.O exemplo mais conhecido de criptomoeda é o Bitcoin (BTC).

A criptomoedas se diferenciam das moedas comuns em três pontos:

  • O descentralização;
  • O anonimato;
  • O baixo custo por transação.

Há uma farta oferta de criptomoedas disponíveis no mercado, sendo que novas moedas digitais são criadas a cada dia.
Toda criptomoeda tem como principal função a descentralização. Isto é, o processamento e a verificação das transações sendo realizados de forma coletiva na rede, sem a necessidade de uma autoridade central para supervisioná-los.

Em resumo: criptomoedas consistem em entradas registradas em um banco de dados, onde só podem ser alteradas mediante condições específicas.

Quais as vantagens de usar uma criptomoeda?

Pela completa falta de supervisão governamental, as criptomoedas são passíveis de grande volatilidade. Ou seja, elas podem valorizar muito em questão de horas, apenas com base em eventos isolados do dia a dia.
Há também a falta de taxas em sua utilização (ou taxas menores, dependendo do serviço contratado). Elas também são completamente descentralizadas, sendo assim, não há um Órgão dono das criptomoedas, isso facilita a negociação entre os usuários.

As três vantagens mais marcantes são:

  • Descentralização;
  • Valorização acima da média;
  • Maior segurança nas transações.

Quais as desvantagens?

Do mesmo modo que as altas valorizações são um ponto marcante nas criptomoedas, elas também correm grande risco de desvalorização diária. Por esse motivo, muitas vezes são evitadas como principal forma de poupança, já que em questão de horas uma poupança em Criptomoedas poderia desvalorizar cerca de 50%.
Quando avaliadas por especialistas em economia, as criptomoedas mostram mais qualidades, do que defeitos. Entretanto, investir nelas requer alguns cuidados comuns aos investimentos de alto risco.

Por exemplo: é indicado que não se invista mais do que 5% da poupança em criptomoedas, graças ao seu caráter volátil. Isso garante que o investidor possa operar com segurança e esteja protegido contra grandes perdas do mercado.

Quais são as criptomoedas mais comuns?

O primeiro sistema de moedas virtuais surgiu nos anos 80. Um grupo de desenvolvedores denominado Cyberpunks utilizou a criptografia para lançar as bases do que hoje são as criptomoedas.
Muito mais tarde, em 2005, Nick Szabo, criptógrafo americano, desenvolvendo o BitGold, precursor do Bitcoin.
Hoje, o mercado conta com mais de 4900 criptomoedas. Essa corrida de lançamentos faz com que o mercado de criptomoedas esteja sempre aquecido e recebendo novidades.

Entretanto, apesar do número incrível de criptomoedas, as mais comuns, seguras e sólidas no mercado, são:

Bitcoin (BTC)

Certamente a mais conhecida criptomoeda. Primeira estabelecida no mercado e cada vez mais aceita em muitos lugares. Hoje um Bitcoin vale cerca de R$ 50.000,00 (cinquenta mil reais).

Ethereum (ETH)

A Ethereum ganha destaque, pois além de processar as transações, ela também permite que os desenvolvedores criem e implementem aplicativos descentralizados (dApps), e contratos descentralizados.

Tether (USDT)

É a criptomoeda mais estável, pois está sempre equiparada ao dólar. Ou seja, apesar de ser uma criptomoeda, seus idealizadores manter o seu valor diretamente relacionado com uma moeda física, o que aumenta a sua segurança em termos de desvalorização.

Ripple (XRP)

A Ripple não está em uma rede de Blockchain, mas na sua própria rede patenteada – Ripple Protocol Algorithm (RPCA). Ela faz parte dos serviços oferecidos pela XRP, uma plataforma de pagamentos digitais, que pode ser utilizada inclusive para negociar Bitcoins e outras criptomoedas por um preço baixíssimo.

O Bitcoin é seguro?

Aqui precisamos avaliar com atenção essa questão. As criptomoedas fazem parte das transações mais seguras do mercado. Ou seja, é muito difícil que as suas criptomoedas sejam roubadas.
Por outro lado, elas também estão entre os ativos mais instáveis em questões de valorização. Como dissemos anteriormente, o valor de uma criptomoeda pode subir mais de 50% em um único dia.
Respondendo à pergunta: sim. Bitcoins são extremamente seguros, contudo, se você deseja investir em bitcoins precisa conhecer o tema. Vamos falar em detalhes no próximo tópico.

Como investir em criptomoeda?

Quem deseja investir precisa estudar o assunto, não há outra maneira. O melhores decisões só acontecem quando você tem todas as informações sobre o tema. E quando falamos em criptomoedas isso é ainda mais verdade.
Como mostrado no livro livro O FUTURO DO DINHEIRO: Banco digital, fintechs, criptomoedas e blockchain: entenda de uma vez por todas esses conceitos e saiba como a tecnologia dará mais liberdade e segurança para você é o primeiro passo para quem quer investir em criptomoedas, as criptomoedas fazem parte do mercado do futuro. Será impossível ignorá-las.

Sendo assim, nosso conselho é que você continue lendo e se informando cada vez mais. Para quem já tem certeza de que quer investir em criptomoedas, aqui vai um passo a passo para começar.

  1. Faça o cadastro em uma corretora de confiança;
  2. Entre no sistema e transfira o dinheiro para a sua conta;
  3. Use a plataforma da corretora para converter o dinheiro em Bitcoins ;
  4. Armazene os Bitcoins em uma carteira virtual (indicada pela corretora);
  5. Acompanhe a cotação diariamente para saber a flutuação do seu investimento.

Um pouco sobre a cotação das criptomoedas

Uma pessoa que não está habituada ao mercado pode se assustar com a alta flutuação e a variação de preço das criptomoedas. Contudo, conforme você ganhar experiência em investimos, será capaz de ler o mercado com mais tranquilidade.
A cotação das criptomoedas obedece à antiga regra da demanda e da procura. Quanto mais pessoas desejando a moeda, mais ela será valorizada.

Tem mais, apesar de ser uma moeda virtual, as criptomoedas não podem ser “criadas do nada”. Elas têm uma taxa de criação previsível e decrescente, o que tenta tornar o preço mais estável.
No fim do dia, quanto mais sucesso uma criptomoeda fizer, mais alto estará o seu valor.

O que é mineração e Blockchain?

O blockchain é a tecnologia que funciona de forma similar a um livro de registros ou livro contábil. As transações feitas no mundo inteiro com a moeda ficam registradas ali. Assim, garante-se a segurança e a integridade da moeda à prova de hackers.
Toda vez que uma transação for feita, um novo código também é gerado e adicionado ao código preexistente do bitcoin, isso impossibilita qualquer falsificação. Um hacker que deseja roubar um bitcoin precisaria invadir todos os computadores da rede ao mesmo tempo. Algo impossível.

A mineração, então, é o uso de diversos computadores em rede para resolver problemas matemáticos da rede. Ou seja, quando uma rede de servidores é capaz de auxiliar a rede em processamento, ela é paga em Bitcoins – ou na criptomoeda utilizada pela rede.
Minerar bitcoins é um trabalho realmente intenso, que requer alto investimento em servidores. Sendo assim, para investidores, convém comprar Bitcoins de quem já as têm.

banner curso básico blockchain

Aprenda sobre Blockchain e aumente a sua renda

Aprenda como operar investimentos em criptomoedas. Blockchain é a tecnologia que está presente no Bitcoin e em diversas moedas virtuais. Com o crescimento das criptomoedas o conhecimento em Blockchain se torna cada vez mais chave no sucesso dos profissionais. Por um preço baixo, você pode sair da posição de leigo e dominar o assunto estudando um pouco todos os dias. Pare de patinar quando alguém falar sobre Bitcoins e assuma você a liderança da conversa sobre criptomoedas. Melhore seus investimentos e obtenha renda passiva aprendendo sobre Blockchain e Criptomoedas hoje.

Nós da EvoluHub trabalhamos todos os dias para trazer conteúdos e ferramentas produtivas que facilitam a vida das pessoas em seus empreendimentos, independente da fase do negócio.
Aplique o que aprendeu e nos conte os resultados. Você aprende conosco e nós também aprendemos com as suas necessidades. Isso é sinal de inteligência.

Saiba mais sobre nós

Back To Top